Rondônia, Hoje é

CUJUBIM: PM de Cujubim em conjunto com a Patamo e NI de Ariquemes resgata Criança e prende agressor que estava Foragido

Postado Dia abril 20th, 2022

A Policia Militar de Cujubim, em conjunto com a Patamo, NI de Ariquemes, resgataram a criança e prenderam o foragido acusado de espancar outra criança de 6 anos.

VÍDEO – REPORTAGEM COMPLETA EM VÍDEO ABAIXO – CLIK PARA ASSISTIR

A Polícia Militar de Cujubim havia registrado uma ocorrência de lesão corporal nessa última segunda feira, dia 18 de Abril na Area rural, situada na Linha CA-04 (Ramal CP-32).

A ocorrência tratava-se de uma criança de apenas 6 anos, ela havia sido espancada quase até a morte pelo tio que por hora empreendeu fuga na mata de posse de uma espingarda e levando o irmãozinho da vitima, ou seja outra criança de 4 anos. A criança de 6 anos, vitima de agressão se encontra em Porto Velho, em estado grave, esta viva, passou por uma cirurgia e luta pela vida na UTI na capital rondoniense.

A esposa do Acusado, foi presa em flagrante, e encaminhada até o presidio em Ariquemes-RO. Segundo informações a mãe biológica entregou as duas crianças para seu irmão, Fernando de Almeida de 23 Anos, onde os dois menores moravam neste municipio no Ramal CP 32, cerca de 02 dois meses.

Após a fuga do suspeito, os policiais militares de Cujubim, nessa Terça-Feira, com apoio da Patamo e NI, iniciaram uma varredura pelas mediações de onde o elemento teria fugido, e através de um participante do grupo de Whatsapp Cidade Segura, informou que o infrator foi visto com a criança em um pasto no curral próximo a entrada da cidade, segundo o informante após o elemento ser visto, ele adentrou em uma mata e se escondeu,  foi quando o Policial Militar, PM C. Morais resolveu ficar de campana em seu veiculo particular na saída de Cujubim, nas proximidades do cemitério municipal na RO 205, derrepente por volta das 19:30h, o PM Marais avistou o acusado andando em meio ao matagal e logo atrás a criança de 4 anos, Morais deu voz de prisão ao agressor e resgatou a criança, o meninho apresentava sinais de agressão, estava debilitada e com muita fome e com necessidade de atendimento médico.

O Acusado, Fernando foi conduzido com apoio da Patamo, e NI até a UNISP Cujubim. Ao questiona-lo sobre a arma de fogo, Fernando explicou que se tratava de uma espingarda CAL 36 e que jogou ela na beira de um rio há mais ou menos 1 km de sua residência.

Diante dos fatos, as conselheiras tutelares foram acionadas para acompanhar a criança que foi levada pela guarnição até o Hospital Local para receber atendimento médico, aparentemente a criança encontrava-se bem fisicamente tendo algumas lesões leves no rosto e nos pés.

O autor também foi conduzido para fazer exame de lesão corporal, durante a condução até ao Hospital, a população revoltada gritava “Solta ele para nós o linchar”, e por pouco não tomou o dos policiais, após os exames o agressor foi apresentado para o Delegado de plantão de Cujubim.

 

banner 2pe