Rondônia, Hoje é

Bolsonaro cria o 23° ministério oito a mais do que ele prometeu na campanha

Postado Dia agosto 18th, 2021

O presidente quebra sua promessa e cria mais ministério, até junho do ano passado, quando recriou o Ministério das Comunicações, o atual governo tinha 23 ministérios. Agora são 24, o do Trabalho e Emprego 

O discurso de candidato é uma coisa, a prática é outra. Uma das promessas do então candidato Jair Bolsonaro que mais encantou grande parte do eleitorado brasileiro, foi a promessa do enxugamento dos ministérios.

O governo Dilma Rousseff, o último do petismo, chegou a ter um total de 39 ministros. Bolsonaro prometeu aos brasileiros que iria diminuir para 15, além de impor um grande emagrecimento da máquina estatal. Cumpriu em parte, já que o enxugamento é notório.

Mas, para sobreviver na política brasileira, não há como não abrir mão de convicções radicais. Ou abre as portas (ou as pernas, como queiram!) ou acaba defenestrado do poder, pela malandragem dos nossos poderosos congressistas e ministros do Supremo.

Até junho do ano passado, quando recriou o Ministério das Comunicações, o atual governo tinha 23 ministérios. Agora são 24, o do Trabalho e Emprego.

Ao levar o senador do Centrão Ciro Nogueira, aquele que é parceiro de quem quer que seja, desde que esteja no poder, para a Casa Civil, Bolsonaro teve que arrumar uma pasta para seu aliado de primeira hora, Ônix Lorenzoni. Já é a 24ª pasta.

Faltam ainda 5, para ele alcançar as 29 do governo Temer, que o antecedeu e um número que ele, Bolsonaro, tanto criticava. Chega de Ministérios!

Fonte:Sérgio Pires

banner 2pe