Rondônia, Hoje é

CUJUBIM: Grupos prioritários começam a ser vacinados contra coronavírus

Postado Dia janeiro 22nd, 2021

A primeira a ser vacinada é uma servidora da Secretaria Municipal de Saúde, auxiliar de enfermagem, Noemi Maria Hartmann, que tem 62 anos de idade e atua há 45 anos na profissão. A vacinação contra o coronavírus seguirá os protocolos da Campanha Nacional de Vacinação.
 

A Prefeitura de Cujubim recebeu o primeiro lote de vacinas do Governo de Rondônia e iniciou nesta quinta-feira (21) a vacinação dos grupos prioritários. Inicialmente serão vacinados todos os profissionais que atuam na linha de frente do Covid19, que estão em contato direto pessoas que contraíram o coronavírus.

 

O prefeito do município, Pedro Fernandes, agradece o apoio do Governo do Estado na entrega das vacinas e frisa que o momento delicado enfrentado por todo o mundo teve atenção especial por parte do município de Cujubim. “Garantimos o tratamento precoce desde o começo da pandemia e esse tipo de trabalho têm ajudado a salvar muitas vidas. Agradecemos à toda equipe de Saúde, que na linha de frente, têm ajudado a controlar essa doença em nossa cidade”, frisa.

 

Para Noemi, primeira a ser vacinada em Cujubim, é uma honra poder ser a primeira pessoa do município a ser vacinada. “Estou muito feliz em poder dar o início a essa campanha de vacinação, que vai trazer a vacina para toda população”, comemora.

 

A secretária Municipal de Saúde, Sandra Costalonga, destaca que é muito importante iniciar a vacinação pelos profissionais de saúde. “Com os profissionais vacinados, manteremos nossa capacidade de atendimento, uma vez que são estes os mais vulneráveis e que correm riscos de contrair o vírus”.

 

O protocolo do Ministério da Saúde para vacinação segue a seguinte ordem: Primeiro serão vacinados os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus; depois pessoas idosas residentes em intuições de longa permanência; seguido de pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência também residentes em residências inclusivas; população indígena vivendo em terras indígenas; seguido das demais pessoas do município que tenha 18 anos ou mais.

ASSESSORIA
banner 2pe