Rondônia, Hoje é

CUJUBIM: Médico é acusado de assédio por mãe que levou seu filho para uma consulta

Postado Dia agosto 31st, 2020


Servidor de Outra Cidade

Na tarde desta sexta-feira (28), compareceu à UNISP de Cujubim, uma mulher de 36 anos, informando que sofreu assédio de um médico plantonista no Hospital de Base de Cujubim.

Segundo a vítima, ela e o filho foram até o Hospital pois seu filho sofre com bronquite, após horas de demora para ser atendida, passaram pela triagem normalmente, e ao serem atendidos por tal médico, este fez algumas perguntas sobre os sintomas da criança e receitou o remédio para o mesmo.

Logo em seguida, o médico fugiu do contexto da consulta, perguntando para a mãe quantos filhos a mesma tinha, sendo respondido normalmente relatando que tem quatro filhos.

O médico por sua vez, questionou se a mãe não queria ter mais filho, e após a negação da mãe o médico respondeu com a seguinte frase:

“mas por que, se é tão bom abrir as pernas e fazer um filho gostoso”

A mãe se levantou para se retirar do local, e o médico ainda segurou a mão do seu filho e disse para a mulher que se ela quisesse retornar  que o mesmo estaria ali até a data do dia seguinte.

A mulher relatou que ficou muito sem graça, pois o médico que lhe atendeu, disse essas frases com segundas intenções e em tom de sedução.

O caso foi registrado, e o médico foi conduzido para a DPC de Cujubim para averiguação dos fatos e posteriormente tomadas as providências cabíveis.

fonte: Jornal Eletrônico Portal P1

banner 2pe