Rondônia, Hoje é

CUJUBIM: SEDAM, PM e Civil de Cujubim prendem em flagrante ex-servidores da SEDAM

Postado Dia janeiro 4th, 2012

PM realizou a prisão em flagrante na tarde desta quarta-feira de dois supostos servidores da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental em flagrante no momento em que tentavam extorquir um madeireiro em Cujubim. Várias denúncias de extorsão já vinham sendo verificadas tanto pelo coordenador S26IROCA como pelos órgãos de segurança na região de Cujubim. Ex-servidores comissionados e que recentemente foram exonerados pelo Governador CONFÚCIO MOURA são acusados de montarem um esquema de propina contra Madeireiros de Cujubim e região.

O golpe consistiria em alertar madeireiros para possíveis operações de fiscalização evitando autuações ou amenizar a aplicação de multas e liberando carregamentos de madeiras ilegais ou apreendidos. Na tarde desta quarta-feira o coordenador da SEDAM SIROCA juntamente com agentes da PM e Polícia Civil realizaram a prisão em flagrante de dois ex servidores da SEDAN em pleno ato de extorsão de um madeireiro na cidade de Cujubim. O Engenheiro Agrônomo Neilson da Silva Azevedo que havia sido exonerado do cargo comissionado que ocupava junto à Autarquia em novembro passado e o ex-servidor comissionado Samuel que também foi exonerado recentemente foram presos quando tentavam se apoderar de um cheque no valor de R$. 3.000,00 . Os acusados alegaram não estar fazendo nada de errado.

O valor segundo os investigadores, seria para que se evitasse uma possível ação contra os madeireiros da região que estaria para acontecer, o que foi desmentido pelo coordenador do órgão SIROCA que afirma que todas as ações do órgão são pautadas pela transparência e pela rígida observância das normas legais. Segundo SIROCA a SEDAM tem pautado suas ações por uma convivência pacífica com a população, transportadores e industriais que beneficiam a madeira e que operações de combate à corrupção dentro do órgão tem sido uma orientação direta do Governador Confúcio Moura visando acabar com vários vícios existentes dentro da autarquia.

Os acusados e as vítimas foram encaminhados até a delegacia de polícia civil de Cujubim onde foram ouvidos pelo Delegado de Polícia Civil Dr. Leonardo Magela.

FONTE: Rondoniareal.com.br



banner 2pe